Andy Martin é animador e ilustrador, criou esse curta-metragem (todos aqui sabem como eu amo curtas!), que mostra algumas coisas ruins e inusitadas que podem vir acontecer com quem regista uma selfie. 


Criado com um aviso sobre auto-obsessão, o bonequinho protagonista do vídeo que dura exatamente um minuto sofre alguns momentos muito infelizes após capturar uma selfie. Apesar de a maioria das coisas que o bonequinho sofre seja improvável de acontecer, eles são muito inteligentes e engraçadas resultando em uma animação rica e criativa. 



O sucesso da companha publicitária de maneiras estúpidas de morrer de metrô ano passado, rendeu uma marca importante e um bom giro comercial para a empresa. Agora quem dá vida aos personagens idiotas e coloridas somos nós! São "15 hilariantes mini-jogos" que tentam coletar todos os personagens mudos para a sua estação de comboios, atingir altas pontuações e desbloquear o famoso vídeo da música que começou tudo... 

De piranhas e plataformas de cobras e cruzamentos de nível-tap, furto, e pressione levemente para escapar com segurança uma grande variedade de maneiras ESTÚPIDAS DE MORRER.

Compartilhei no meu Twitter os jeitos que eu "morri" no jogo. Haha!

SOBRE OS JOGOS: 

- Por que seu cabelo em chamas? Quem se importa, apenas corra!
- Limpar rapidamente livre de vomitar sua tela
- Saldo que balançando comedor cola
- Flick as piranhas fora do alcance das partes privadas preciosas
- vespas Swat, antes que seja tarde demais
- Melhor não convidar esse assassino psicopata dentro
- Retire cuidadosamente garfos de torradeiras
- Ajuda pilotos autodidatas
- Volte a partir da borda da plataforma que você engana
- Tenha paciência nas passagens de nível
- Não cruze os trilhos! Nem mesmo por balões!
- Encontrar o amor verdadeiro durante a temporada de caça
- Duck o urso para um chuveiro de doces
- Vá em frente, pressione o botão vermelho
- E quem sabia cascavéis eram tão exigente quanto a mostarda?

Confira no site, em inglês, descrições e imagens dos jogos: dumbwaystodie.com

Alice Munro é canadense e a última vencedora do Prêmio Nobel de Literatura, é conhecida mundialmente com o título de "mestre dos contos", mora em Wingham e é dona da livraria mais famosa de seu pais e tem uma das carreiras mais respeitadas da literatura de língua inglesa, é autora de vários livros de contos, traduzidos para dez idiomas. Abriu uma exceção no Prêmio Nobel de Literatura que foi dedicado a ela, uma contista e não ao um romancista. 


"Poucas pessoas, mesmo muito poucas, têm um tesouro, e se tu o tiveres deves agarrá-lo com toda a força. Não deves deixar que te apanhem de surpresa, e que o levem de ti."

Autora de "Felicidade Demais" é a décima terceira mulher a receber o prêmio desde 1901. A autora já tinha alguns livros traduzidos no Brasil, porém eu não havia conhecido nenhum. Felizmente, assim que foi anunciado, editoras apresentaram novas edições de obras já publicadas e os novos lançamentos/traduções. As edições brasileiras de "Vida Querida" e "Ódio, amizade, namoro, amor, casamento" foram publicadas e estão enchendo as prateleiras de livrarias por todo Brasil. 

Vida Querida

Os contos de Vida Querida são ricos como romances - com personagens, tramas e vozes desenvolvidas em toda sua potencialidade -, mas, precisos como pede a tradição do gênero, prescindem de qualquer elemento que não seja essencial. 

"Momentos de ternura e reconciliação valem sempre a pena ser vividos, ainda que a separação tenha que vir, mais tarde ou mais cedo."

Mas este Vida Querida tem um diferencial que o coloca num nível novo; coroando uma carreira brilhante, a última parte do livro traz as quatro únicas narrativas autobiográficas já publicadas por Munro, que emprega toda a sua habilidade literária para refletir sobre o ato de narrar, a ficção e os temas que regem sua obra: memória, trauma, morte. Vida: vida.



Ódio, amizade, namoro, amor, casamento

É uma reunião de nove contos, marcados pela ótica intimista de Alice Munro. O primeiro deles, que dá nome à obra, relata a história de Johanna Parry, mulher comum em conflito com a própria aparência que parece fadada à desilusão amorosa, mas que ironicamente acaba unida a um homem pelo acaso. 

Via

A revista VEJA, disponibilizou - de graça!- um conto de Alice na internet, clique aqui e leia. 

A notícia da morte do escritor colombiano Gabriel García Márquez chocou o mundo, o cara que foi vencedor de um dos prêmios Nobel de Literatura, deixou à América Latina uma vasta obra louvável. É considerado um dos escritores mais importantes do século 20, um dos mais renomados autores latinos da história. A vasta e original obra de García Márquez (ou "Gabo", como os fãs chamam) vai muito além do aclamado "Cem Anos de Solidão". 


Separei uma pequena lista de "livros para entender Gabo". Infelizmente, o que eu sei dele é um conhecimento ralo de vários portais brasileiros. Mas, já conhecia sua obra pelo canal Tiny Little Things da Tatiana Feltrin que além de muito fã é uma bibliomaníaca compulsiva e tem um bom número de edições "gabonianas". 

Cem Anos de Solidão

Uma das obras mais famosas da literatura mundial, “Cem Anos de Solidão” é um romance que mistura fantasia e realidade. A história acontece em um lugar conhecido como Macondo e narra a história da família Buendía.

Alguns dos personagens citados no livro já haviam aparecido em outros do escritor colombiano. Bastante popular, o livro foi publicado pela primeira vez em Buenos Aires e foi traduzido para mais de 35 idiomas.

O Amor nos Tempos de Cólera 

O livro conta a história de amor não realizada de Florentino Ariza, telegrafista, poeta e violinista, por Fermina Daza, uma linda donzela. O romance se passa em povo portuário do Caribe. Nessa fábula de realismo-fantástico, Gabriel García Márquez mostra que a paixão não tem idade.

Do meio: coleção da Tatiana Feltrin, do Tiny Little Things

Do Amor e de Outros Demônios 

Na história, García Márquez conta a história da filha única de um marquês, criada no convívio de escravos e orixás, e um padre incumbido de exorcizar os demônios que se acredita terem possuído a menina, cujos cabelos só seriam cortados em seu casamento.

Outros importantes: "Viver para Contar", sua autobiografia que nassa sua vida e fala das origens do realismo fantástico e da Colômbia, o escritor cita sua família, narra sua adolescência, como começou sua vida sexual e adulta e a sua entrada no jornalismo. "Reportagens Políticas", série de cinco volumes, reunindo a obra jornalística de Gabriel García Márquez, é possível entender o processo de formação de grandes romances do autor, muitos deles gerados a partir de suas reportagens. Os livros reúnem textos escritos em viagens, reportagens políticas, artigos sobre cinema e literatura, crônicas do cotidiano, entre outros, organizados por temática e cronologia.

Texto descritivo dos livros encontrados aqui

Provavelmente você não sabe que o Google Maps, ou melhor, o Google Street View tem um mascote que se desdobra em mais de 200 formas de diversos "contextos" mundiais. Ele é cheio de estilo graças ao designer Matt Delbridge que aceitou o desafio de redesenhar o simples bonequinho; o resultado é um visual minimalista e flat, mantendo traços únicos e bem marcados em um personagem aparentemente simples.


São mais 100 variações de roupas sugeridas pelos usuários, variando do tradicional à ícones atuais da internet. Um mais divertido que o outro. 


Para conferir o vídeo promocional da Google clique aqui. O vídeo mostra um pouco do processo de criação dos novos Pegmans. 


Para visualizar a galeria inteira no Google +, clique aqui
Todos sabemos que as produções sertiáticas gringas alcançam sucesso por serem muito bem trabalhadas e terem um investimento e retorno altíssimo. Produtos são criados em cima da história e nessa troca de amor, pode-se assim falar, nasce uma pontinha de curiosidade, a partir daí vemos os bastidores, o backstage de tudo por meio dos mais diferentes meios.

*** 

 Existe um livro, Game Of Thrones: Por Dentro da Série da HBO, que mostra em detalhes todas as características da obra, segundo a descrição detalhado no Submarino: "esta obra luxuosa e oficial mostra aos fãs novos caminhos para entrar neste estonteante mundo fictício para que eles descubram mais sobre os amados (e injuriados) personagens e seus enredos eletrizantes." O livro dos bastidores de GOT contém centenas de fotos, detalhes da produção e figurino, esboços das cenas/sequenciais, e um super bônus para quem gosta de literatura; histórias secretas revelam como os criadores (da série) traduziram os best-sellers de fantasia de George R. R. Martin em Westeros.

O livro está de R$: R$ 47,90 mas seu preço original é R$:100,00.

Além dessa publicação mais importante que foi traduzida para o Brasil, a HBO vez ou outra publica vídeos para já adiantando um pouquinho das temporadas e, a partir daí, aguçar a curiosidade dos fãs.



Apesar das publicações, dos vídeos divulgados pela emissora, o melhor jeito, acho eu, é acompanhar o Instagram dos atores. Segue a lista dos principais e com um pequeno plus, o endereço do Twitter de cada um também:

  •  Tyrion Lannister-- Peter Dinklage: 

TWITTER: não tem Twitter. 
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Rainha Cersei Lannister-- Lena Headey:

TWITTER: @IAMLenaHeadey 
INSTAGRAM: @iamlenaheadey
  • Rainha Daenerys Targaryen-- Emilia Clarke:

TWITTER: @Emilia_Clarke 
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Princesa Arya Stark-- Maisie Williams:

TWITTER: @Maisie_Williams 
INSTAGRAM: @maisiewills 
  • Jon Snow-- Kit Harington:
TWITTER: não tem Twitter.
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Jaime Lannister-- Nikolaj Coster-Waldau:
TWITTER: não tem Twitter.
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Sor Jorah Mormont-- Iain Glen:
TWITTER: não tem Twitter.
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Lorde Petyr "Mindinho" Baelish-- Aidan Gillen:
TWITTER: não tem Twitter.
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Lorde Tywin Lannister-- Charles Dance:
TWITTER: não tem Twitter.
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Sor Davos Seaworth-- Liam Cunningham:
TWITTER: @liamcunningham1 
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Rei Stannis Baratheon-- Stephen Dillane:
TWITTER: não tem Twitter.
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Melisandre-- Carice van Houten:

TWITTER: @caricevhouten 
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Rainha Margaery Tyrell-- Natalie Dormer:
TWITTER: não tem Twitter.
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Bran Stark-- Isaac Hempstead-Wright:

TWITTER: @IsaacBranFlakes
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Sansa Stark-- Sophie Turner:

TWITTER: @Sophiee_Turner 

INSTAGRAM: @sophie_789
  • Rei Joffrey Baratheon-- Jack Gleeson:
TWITTER: não tem Twitter.
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Theon Greyjoy-- Alfie Allen:
TWITTER: @AlfieAllen 
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Gendry-- Joe Dempsie:
TWITTER: @joedempsie 
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Ygritte-- Rose Leslie:
TWITTER: não tem Twitter.
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Samwell Tarly-- John Bradley-West:
TWITTER: @johnbradleywest 
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Shae-- Sibel Kekilli:
TWITTER: não tem Twitter.
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Sandor "Cão de Caça" Clegane-- Rory McCann:
TWITTER: não tem Twitter.
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Lorde Varys-- Conleth Hill: 
TWITTER: não tem Twitter.
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Bronn-- Jerome Flynn:

TWITTER: @JeromeFlynn 
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Lorde Eddard "Ned" Stark-- Sean Bean:
TWITTER: não tem Twitter.
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Rei Robert Baratheon-- Mark Addy:

TWITTER: @MrMarkAddy 
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Viserys Targaryen-- Harry Lloyd:
TWITTER: não tem Twitter.
INSTAGRAM: não tem Instagram
  • Rei Robb Stark-- Richard Madden:
TWITTER: não tem Twitter.
INSTAGRAM: não tem Instagram
  • Catelyn Stark-- Michelle Fairley:
TWITTER: @RealMsFairley 
INSTAGRAM: não tem Instagram.
  • Rainha Talisa Maegyr-- Oona Castilla Chaplin:

TWITTER: @OonaCC 
INSTAGRAM: @oonacc 
  • Lorde Comandante Jeor Mormont-- James Cosmo:
TWITTER: @MrJamesCosmo
INSTAGRAM: não tem Instagram.

  • Khal Drogo-- Jason Momoa:
TWITTER: @JMomoaOfficial 
INSTAGRAM: não tem Instagram.

Nascida na Nova Zelândia, e de um nome verdadeiro bem pavoroso, mais conhecida apenas como LORDE é uma cantora, de 17 anos, e uma compositora, de 17 anos, e foi eleita a jovem mais influente do mundo atualmente, pela revista norte-americana TIME, e a Mulher do Ano pela MTV pelo ano de 2013. Se tornou mundialmente conhecida depois do single "Royals" que a rendeu o título de a mais jovem artista a conquistar o primeiro lugar - em váaarias semanas - da Billboard Hot 100, dos EUA. Além disso, a garotinha que se diz parecer com o Gollun venceu como a Canção do Ano, no Garmmy Awards. Talvez, ela esteja hoje no topo, porém seu CD "Pure Heroine" está nas paradas mundiais oscilando com as veteranas na música pop (ou eletrônica) atualmente... Vários discos de platina e prata são destinados à ela no mundo.

Sobre o nome artístico, LORDE, o adotou pela sua fascinação pela realeza e aristocracia. Seu próprio nome artístico a influência na composição de "Royals".

Covers são seres fora do comum no Youtube, eles são fofos e alguns bem jovens (e bem bonitos), mas deixam suas impressões em músicas já consagradas, dando aquele toque muito especial com seus timbres únicos. Separei dois covers de duas músicas da LORDE para se apaixonar por ela (ou eles). Escute: 

"Team"



"Royals"



Espero que tenham curtido os vídeos. Compartilha aí! 
Rolou na noite passada o MTV Movie Awards - um "Oscar" nada muito clássico. A premiação é feita pelo voto popular, consagrando Jogos Vorazes: Em Chamas como maior ganhador (o que não foi nenhuma grande novidade).

Com a apresentação de Connan O’brien. Teve cenas exclusivas de filmes, performances, Rita Ora arrancando a camisa do Zac Efron... 

Pra começar, os ganhadores: 



Melhor Atriz: Jennifer Lawrence (Jogos Vorazes: Em Chamas)
Melhor Ator: Josh Hutcherson (Jogos Vorazes: Em Chamas)
Melhor Beijo: Emma Roberts, Jennifer Aniston, e Will Poulter (Família do Bagulho)
Melhor ‘Atuação Sem Camisa’: Zac Efron (Namoro ou liberdade)
Melhor Vilão: Mila Kunis (Oz – Mágico e Poderoso)
Melhor atuação de comédia: Jonah Hill (O Lobo de Wall Street)
Melhor ‘Breakthrough Performance’: Will Poulter (Família do Bagulho)
Melhor ‘Cameo Performance’: Rihanna (É o Fim)
Melhor ‘Cena de Briga’: Orlando Bloom & Evangeline Lilly vs. Orcs (O Hobbit: A Desolação de Smaug)
Melhor ‘Transformação’: Jared Leto (Clube de Compra de Dallas)
Melhor Momento Musical: Backstreet Boys, Jay Baruchel, Seth Rogen, e Craig Robinson (É o Fim)
Filme do Ano: “Jogos Vorazes: Em Chamas”



Quem mais chamou atenção das MUÓDAS...
A parte musical foi comandada por Eminem, Rihanna, Ellie Goulding, Zedd e Twenty One Pilots.

Os primeiros, Eminem e Rihanna, - a mais FODÁSTICA da noite. cantou o seu segundo single juntos, "The Monster", com direito a uma cena fofa no final; um abracinho.

A querida das premiações, Lupita espera o Festival de Cannes!


Depois, foi a vez de Ellie Goulding e Zedd apresentarem um medley de suas músicas que farão parte da trilha sonora do longa "Divergente". A cantora que possui outras três musicas na trilha, cantou “Beating Heart, em seguida Matthew Koma e Miriam Bryant cantaram. E Twenty One Pilots cantando “Car Radio”.
+